Coma o peixe que é melhor, pois os suplementos de ômega 3 têm pouco ou nenhum benefício para a saúde cardíaca ou vascular


Uma nova revisão sistemática da Cochrane, combinou os resultados de 79 ensaios randomizados envolvendo 112.059 pessoas. Estes estudos avaliaram os efeitos do consumo de ômega 3 adicional, em comparação com omega 3 usual ou menor, em doenças do coração e circulação.

Os estudos recrutaram homens e mulheres, alguns saudáveis ​​e outros com doenças existentes na América do Norte, Europa, Austrália e Ásia. Os participantes foram aleatoriamente designados para aumentar suas gorduras ômega 3 ou manter sua ingestão habitual de gordura por pelo menos 1 ano. A maioria dos estudos investigou o impacto de dar um suplemento de ômega 3 de cadeia longa em forma de cápsula e o comparou a um placebo.

Os pesquisadores da Cochrane descobriram que aumentar o ômega 3 de cadeia longa fornece pouco ou nenhum benefício na maioria dos resultados que eles observaram. Eles encontraram evidências de alta segurança de que as gorduras ômega 3 de cadeia longa tinham pouco ou nenhum efeito significativo sobre o risco de morte por qualquer causa. O risco de morte por qualquer causa foi de 8,8% em pessoas que aumentaram a ingestão de gorduras ômega 3, em comparação com 9% em pessoas nos grupos de controle.

Eles também descobriram que tomar mais ômega 3 (incluindo EPA e DHA), principalmente através de suplementos, provavelmente faz pouca ou nenhuma diferença para o risco de eventos cardiovasculares, mortes coronárias, eventos de doença coronariana, acidente vascular cerebral ou irregularidades cardíacas.

O autor principal da Cochrane, Lee Hooper, da Universidade de East Anglia, no Reino Unido, disse: "Podemos confiar nas descobertas desta revisão que vão contra a crença popular de que os suplementos de ômega 3 de cadeia longa protegem o coração. Essa grande revisão sistemática incluiu informações de muitos milhares de pessoas durante longos períodos. Apesar de toda essa informação, não vimos efeitos de proteção.

Fonte: https://bit.ly/2LjmR9v

Comentários