A Fisiologia do Gosto


Jean Anthelme Brillat-Savarin passou os últimos vinte e cinco anos de sua vida vivendo pacificamente em Paris e escrevendo The Physiology of Taste, um livro sem precedentes, contornando a linha entre livro de receitas, memórias, história e filosofia no qual ele diz ter identificado a cura para a obesidade:

"Abstinência mais ou menos rígida de tudo que é amido ou farináceo."

A coleção única e exuberante de pratos, experiências, reflexões, história e filosofia de Brillat-Savarin elevou a gastronomia a uma forma de arte. Publicado pela primeira vez na França em 1825, este livro notável refletia uma nova era na culinária francesa: o advento do restaurante, que deu à burguesia a oportunidade de selecionar seus pratos com precisão e antecipação. No entanto, o autor também dá suas opiniões sobre sabor, dieta e manutenção de um peso saudável, sobre digestão, sono, sonhos e ser um Gourmand. Espirituoso, perspicaz e anedótico, A Fisiologia do Gosto não contém apenas algumas receitas notáveis, é um argumento elegante para os prazeres da boa comida e um apetite saudável.

Jean-Anthelme Brillat-Savarin (1755-1825) nasceu em Belley, França, uma área conhecida por sua comida e vinho. Depois de se formar em direito, Brillat-Savarin tornou-se magistrado de Belley e depois foi eleito prefeito. Durante a Revolução Francesa, sua vida estava em perigo e ele fugiu para outras partes da Europa e depois da América, ganhando a vida como violinista em uma orquestra de teatro. Ele voltou à França em 1796 e tornou-se juiz dos Supremos Tribunais de Apelação. Ele começou a compilar um livro de meditações sobre gastronomia e, em 1825, alguns meses antes de sua morte, publicou este brilhante tratado sobre os prazeres da alimentação: o culminar de um caso de amor ao longo da vida com comida.

eBook: https://bit.ly/2xAlnmA

Um comentário:

  1. Eu gostei muito da postagem, achei o autor bem versátil nas atividades que exerceu. Fui olhar mais um pouco sobre a vida dele e encontrei esta frase curiosa: “Diz-me o que comes, dir-te-ei quem és”.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.