A maioria das pessoas ainda está restringindo subconscientemente quando inicia o carnivorismo

Reaprender a fome adequada, ou seja, aprender a segui-la e compreendê-la melhor como parte do processo de alcançar uma melhor sincronicidade entre o que as células necessitam e como reagem para suprir essas necessidades é muito importante para equilibrar as vias hormonais. Se você não passar por isso para reequilibrar os caminhos hormonais envolvidos, apenas manterá os desequilíbrios atuais afastados do alinhamento ideal por mais tempo.

Portanto, a liberdade de comer é muito importante. Especialmente nos primeiros meses, quando o corpo está reaprendendo o que é fome/saciedade em uma dieta carnívora. É vital que a mente apenas desempenhe um papel secundário, em vez de poder ditar os intervalos e o volumes consumidos com base em nossas noções anteriores do que 'deveria' ser o suficiente.

As pessoas devem seguir a fome real. Mas, para muitas, isso significa que primeiro elas devem deixar de lado as ideias antigas, para que sua mente possa começar a perceber corretamente quais são os reais sinais de fome.

Quando você pode comer com verdadeira liberdade, o corpo é capaz de se sintonizar melhor com a mente. Isso ajuda a deixar os caminhos hormonais equilibrados levando à homeostase adequada mais rapidamente. Isso permitirá que a mente tenha uma melhor compreensão da interpretação correta dos sinais que recebe das células, do hipotálamo e de todas as outras vias de sinalização envolvidas na fome/saciedade.

Assim, você estará em uma posição melhor para realmente reconhecer se você está comendo por pura diversão, devido ao tédio, ou comendo com base na real necessidade de combustível. Esse é um aspecto muito importante que fica totalmente bagunçado em uma dieta ocidental convencional.

Se você tem sido um carnívoro por alguns meses, você provavelmente está se aprimorando em 'ouvir' os sinais reais. Significa que sua mente está melhorando na interpretação de todas as pistas envolvidas e isso proporciona que você tenha uma melhor percepção para identificar se seus comportamentos alimentares obedecem uma fome verdadeira.

Algumas pessoas podem não comer um desjejum tão grande quanto os outras, mas vão comer uma refeição maior no jantar, por exemplo. Algumas pessoas comem a maior refeição à noite e se sentem melhor fazendo isso. Outras precisam de um desjejum realmente farto. Alguns não precisam e nem querem almoçar. Não importa. Todas opções são válidas.

O que importa é que você tenha uma noção da liberdade de comer e aprenda a segui-la. É isso que lhe dará o caminho mais seguro e rápido para chegar onde você pode identificar o que seu corpo está lhe dizendo, ajudando seus hormônios a atingirem o equilíbrio adequado mais rapidamente.

Se você não está com fome, não coma. Se você está comendo apenas porque não sabe mais o que fazer naquela momento, encontre outra coisa para fazer por um tempo até que esteja realmente com fome. Não tente decidir mentalmente como uma quantia apropriada deveria ser. Você não saberá, até que tenha vivido em Zero Carb de verdade por um bom tempo e até que se torne mais capaz de ouvir corretamente todos os sinais do corpo em busca de combustível.

Você não precisa se forçar a comer 2 kg de carne todos os dias. Coma um pouco mais sempre que você começar a pensar em comida ou questionar se está com fome e não se preocupar muito com o "porquê". E deixe o processo acontecer naturalmente com o tempo, seu corpo classificará tudo para você à medida que gradualmente se desdobra sem esforço em uma compreensão melhor e mais intuitiva de todos os sinais e o que eles podem significar.

Desta forma você poderá identificar um possível problema, como por exemplo, se você come frequentemente porque você sempre usou a comida para acalmar suas emoções por toda a sua vida, ou se ao invés disso é porque você está realmente com fome, pois está recebendo sinais das células sinalizando que você realmente precisa de combustível.

Não tente apressar esse processo tentando forçar tudo mentalmente, em vez de permitir a aprendizagem e a transição natural do corpo. Aproveite o sentimento de liberdade que este estilo de vida proporciona.

Fonte: https://bit.ly/2VlmkFg

Comentários