Comer alface é 3 vezes pior em emissões de gases do efeito estufa do que comer bacon

Dietas vegetarianas podem ser mais prejudiciais ao meio ambiente.

De acordo com uma pesquisa da Universidade Carnegie Mellon, seguir as recomendações do USDA para consumir mais frutas, verduras, laticínios e frutos do mar é mais prejudicial ao meio ambiente porque esses alimentos têm uso de recursos relativamente alto e emissões de gases de efeito estufa (GEE) por caloria. O estudo mediu as mudanças no uso de energia, a pegada hídrica azul e as emissões de GEE associadas aos padrões de consumo de alimentos dos EUA.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
"Comer alface é 3 vezes pior em emissões de gases do efeito estufa do que comer bacon", disse Paul Fischbeck, professor de ciências sociais e de decisões e engenharia e políticas públicas. "Muitos vegetais comuns requerem mais recursos por caloria do que você imagina. Berinjela, aipo e pepino parecem particularmente ruins quando comparados a carne de porco ou frango."
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Estudaram a cadeia de abastecimento alimentar para determinar como a epidemia de obesidade nos EUA está afetando o meio ambiente. Especificamente, eles examinaram como o crescimento, o processamento e o transporte de alimentos, vendas e serviços de alimentos e o armazenamento e o uso domésticos têm um impacto sobre os recursos na forma de uso de energia, uso de água e emissões de GEE.

Por um lado, os resultados mostraram que controlar o peso e ingerir menos calorias tem um efeito positivo no meio ambiente e reduz o uso de energia, o uso de água e as emissões de GEE da cadeia de fornecimento de alimentos em aproximadamente 9%.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
No entanto, comer os alimentos "mais saudáveis" recomendados - uma mistura de frutas, vegetais, laticínios e frutos do mar - aumentou o impacto ambiental nas 3 categorias: uso de energia aumentou 38%, uso de água em 10% e emissões de GEE em 6%.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
"Há uma relação complexa entre dieta e meio ambiente", disse Michelle Tom, Ph.D. "O que é bom para nós em termos de saúde nem sempre é o melhor para o meio ambiente. Isso é importante para os funcionários públicos estejam cientes dessas compensações à medida que desenvolvem ou continuam a desenvolver diretrizes dietéticas no futuro".
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Fonte: http://bit.ly/2UsWMdB

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.