O consumo de leite contendo apenas A2 β-caseína está associado a menos sintomas gastrointestinais em pessoas com má digestão de lactose.

Estudos de alimentação aguda e de múltiplos dias demonstraram que o leite contendo A2 β-caseína causa menos sintomas de intolerância à lactose (IL) do que o leite contendo A1 e A2 β-caseína. Conduziram um estudo de refeição única para avaliar a tolerância gastrointestinal (GI) do leite contendo diferentes concentrações de proteínas A1 e A2 β-caseína. Este foi um estudo randomizado, duplo-cego e cruzado em 25 indivíduos com GI com má digestão e oito outros com má digestão de lactose que não atenderam aos critérios do QLCSS. Os indivíduos receberam cada um dos quatro tipos de leite (leite contendo apenas proteína A2 β-caseína, leite Jersey, leite convencional e leite sem lactose) após jejum noturno. Os sintomas de intolerância GI e as concentrações de hidrogênio no ar expirado foram analisados ​​por 6 horas após a ingestão de cada tipo de leite. Em uma análise de 25 indivíduos com IL, a pontuação total de sintomas para dor abdominal foi menor após o consumo de leite contendo apenas A2 β-caseína, em comparação com o leite convencional (p = 0,004). A análise post hoc com má digestão de lactose revelou pontuações de sintomas significativamente melhoradas (p = 0,04) e menor produção de hidrogênio (p = 0,04) após o consumo de leite contendo A2 β-caseína apenas em comparação com o leite convencional. O consumo de leite contendo apenas A2 β-caseína está associado a menos sintomas gastrointestinais do que o consumo de leite convencional em pessoas com má digestão de lactose.

Fonte: http://bit.ly/2IZGGn1

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.