Como as gorduras ômega-3 previnem enxaquecas com endocanabinoides


por Jeremy Orozco,

A primeira coisa que vem à mente quando você ouve "canabinoides" provavelmente não é gorduras ômega-3. Eu digo canabinoides e você pensa cannabis, certo? Canabinoides como CBD ou THC são de cannabis, afinal. No entanto, os receptores canabinoides estão localizados em todo o corpo.

Certamente, os receptores canabinoides podem ser ativados a partir dos canabinoides derivados da cannabis que você obtém de fora do corpo, como CBD ou THC. Mas os receptores canabinoides também - e mais importante - ativam os canabinoides que o seu corpo naturalmente produz. Estes canabinoides são chamados endocanabinoides.

Esses endocanabinoides compõem o sistema endocanabinoide e controlam o sistema imunológico, inflamação, energia, memória, estresse, temperatura, sono e muito, muito mais. [1]

Os endocanabinoides controlam a sua saúde e os sofredores de enxaqueca não podem ficar sem este sistema. Uma deficiência endocanabinoide grave está associada a enxaquecas e a disfunção endocanabinoide pode ser a origem de todas as enxaquecas. [2] [3] Sofredores de enxaqueca precisam de mais endocanabinoides e é aí que as gorduras ômega-3 entram em ação.

8 coisas que você deve saber sobre gorduras Ômega-3, endocanabinoides e enxaquecas

8. Gorduras Ômega-3 Formam Endocanabinoides

O ano de 2017 foi um avanço para a pesquisa endocanabinoide. Pesquisadores da Universidade de Illinois descobriram que as gorduras ômega-3 se convertem em endocanabinoides. [4] Essa descoberta pode explicar em parte porque as gorduras ômega-3 tiveram sucesso no tratamento de enxaquecas.

Sofredores de enxaqueca precisam de endocanabinoides e essas gorduras saudáveis ​​estão conectando-os com alguns endocanabinoides. O CBD não é o único participante no jogo ou, como minha avó costumava dizer, há mais de uma maneira de tricotar um suéter de cannabis.

7. Gorduras Saudáveis ​Triplicam a Absorção de Canabinoides

Pesquisadores da Universidade de Nottingham, no Reino Unido, descobriram que gorduras saudáveis ​​podem triplicar a taxa de absorção de canabinoides, como o CBD. [5] Sim, está correto, você obtém mais retorno pelo seu investimento - triplo do ganho por seu dinheiro - se você consome gorduras saudáveis ​​com seu CDB.

Sabemos que o CBD aumenta os endocanabinoides. Sabemos que as gorduras ômega-3 se convertem em endocanabinoides. E agora sabemos que as gorduras saudáveis ​​podem aumentar a absorção de CBD, bem como criar seus próprios endocanabinoides.

6. Gorduras Ômega-3 Combatem a Enxaqueca

Vários estudos descobriram que o aumento do consumo de gorduras ômega-3 resulta em menos enxaquecas. [6] [7] Um estudo do National Institute of Health (NIH) descobriu que o aumento da ingestão de ômega-3 e a diminuição da ingestão de ômega-6 diminuíram a média de dor de cabeça por dia de 10 horas para menos de 4 horas em portadores de cefaleia crônica — 93% dos quais tiveram um diagnóstico de enxaqueca. [8] O ômega-3 forneceu melhores resultados do que nossos principais medicamentos para enxaqueca.

Gorduras ômega-3 podem não fornecer os resultados rápidos dos medicamentos para enxaqueca. De fato, o estudo do NIH foi realizado durante um período de três meses. Levou tempo e o progresso foi lento. No entanto, os resultados de algo tão saudável quanto as gorduras ômega-3 em relação ao tratamento da enxaqueca são impressionantes.

Eu tenho mais alguns exemplos de gorduras ômega-3 e sucesso de enxaqueca neste artigo.

5. Gorduras Saudáveis Alimentam a Função Cerebral

"O cérebro humano é quase 60% de gordura. Aprendemos nos últimos anos que os ácidos graxos estão entre as moléculas mais cruciais que determinam a integridade e a capacidade de execução do seu cérebro". Isso está de acordo com um estudo que resume o consenso compartilhado entre os pesquisadores de hoje. [9] É incrível pensar que nos anos 80 e 90 nós pensamos que dietas com baixo teor de gordura eram uma coisa boa.

Aqui está um exemplo básico do que as gorduras saudáveis ​​fazem para o cérebro da enxaqueca. A gordura é necessária para absorver vitaminas lipossolúveis, como a vitamina D. A vitamina D é necessária para produzir a serotonina, o produto químico do cérebro feliz. Sem serotonina, você e seu cérebro não serão felizes. Proteção contra enxaqueca requer serotonina e níveis elevados de serotonina são como os tratamentos de enxaqueca funcionam. [10] [11] [12] Os antidepressivos combatem as enxaquecas com o aumento da serotonina e tanto o CBD quanto o THC também podem combater a enxaqueca por meio de sua capacidade de elevar os níveis de serotonina. [13]

A serotonina é apenas uma das razões pelas quais gorduras saudáveis ​​protegem contra enxaquecas. Gorduras saudáveis ​​são os blocos de construção para fazer qualquer tratamento de enxaqueca trabalhar para você. Aqui está o meu artigo completo sobre gorduras saudáveis ​​e enxaquecas, se você quiser mergulhar na pesquisa.

4. Canabinoides, Ômega-3, Estresse Oxidativo e Enxaqueca

Vou dividir esse assunto complexo em algumas frases simples. É disso que se trata todo o meu livro, e sinto que apenas arranhei a superfície desta incrível pesquisa.

O estresse oxidativo está associado a quase todos os desencadeantes de enxaqueca e os níveis elevados de estresse oxidativo são encontrados em pacientes com enxaqueca. Há um limiar de dor de cabeça e quando os sofredores de enxaqueca ficam com muito estresse oxidativo, esse limiar é quebrado e desencadeia uma enxaqueca.

Os endocanabinoides e o sistema endocanabinoide controlam o estresse oxidativo. [14] [15] O CBD também aumenta os endocanabinoides e controla o estresse oxidativo, que, acredito, são as razões pelas quais tantos pacientes com enxaqueca adoram os produtos da CBD. As gorduras ômega-3 também estimulam os endocanabinoides e reduzem o estresse oxidativo. [16]

Há muita pesquisa interessante que descreve esse processo, mas vou parar por aqui.

O estresse oxidativo desencadeia a enxaqueca, enquanto os canabinóides (CBD, THC, CBC, etc.), os endocanabinóides e as gorduras ômega-3 promovem o sistema endocanabinóide e reduzem o estresse oxidativo.

3. Ômega-3 vs Ômega-6

Ômega-3 e Ômega-6 são gorduras essenciais que são saudáveis ​​quando encontradas em comida de verdade. De fato, ambas as gorduras ajudam seu sistema endocanabinoide a combater as enxaquecas. Estas são chamadas de "gorduras essenciais" por uma razão, mas você pode perceber que os pesquisadores sugerem consumir mais gorduras ômega-3 e menos gorduras ômega-6. Pesquisas em saúde, em geral, sugerem limitar as gorduras ômega-6.

Estes pesquisadores de enxaqueca estão corretos quando se trata de alimentos processados. Os americanos consomem muita gordura ômega-6, mas o problema real é de onde estamos obtendo a gordura. Gorduras ômega-6 de alimentos altamente processados ​​são oxidadas e não são saudáveis. O óleo de milho, óleos vegetais e a maioria dos alimentos embalados contêm níveis absurdamente altos de gordura processada com ômega-6. Alimentos fritos e alimentos altamente processados ​​com gorduras ômega-6 não são saudáveis, e a maioria de nós pode concordar com isso. Mas não podemos colocar batatas fritas gordurosas com altos níveis de gorduras ômega-6 oxidadas no mesmo grupo de nozes, amendoins ou sementes de linhaça.

Nozes, carnes orgânicas e muitos vegetais contêm altos níveis de gorduras ômega-6. Mas não há necessidade de evitar alimentos naturais com gorduras ômega-6. Enquanto o óleo de milho e demais óleos vegetais consistem de gorduras ômega-6 predominantemente oxidadas e quase nenhuma gordura ômega-3, o azeite e o óleo de sementes de cânhamo contêm níveis significativamente níveis mais baixos de gorduras ômega-6 que não são oxidadas e níveis mais altos de ômega-3.

Coma menos alimentos processados ​​com gorduras ômega-6 oxidadas e não se preocupe com alimentos naturais que contenham gorduras ômega-6, que, com moderação, são essenciais para sua saúde. Se este assunto é novo para você, provavelmente é confuso, e você vai querer olhar mais para os fatores básicos de saúde de comer altos níveis de gorduras ômega-3 e menores níveis de gorduras ômega-6 processadas, que são cobertos por investigações sobre a dieta mediterrânea.

2. Ômega-3 para Combater a Enxaqueca

A pesquisa mostra que os alimentos orgânicos tendem a ter maiores concentrações de gorduras ômega-3. De acordo com um metaestudo da Califórnia - um estudo de múltiplos estudos - publicado no Nutrition Journal, as carnes orgânicas e alimentadas com capim continham duas a cinco vezes mais gorduras ômega-3 do que as carnes alimentadas com grãos. [18]

Alguns dos alimentos ricos em gorduras ômega-3 são linhaça, salmão, sementes de chia, nozes, cavala, carne, espinafre, sardinha, couve-flor, manjericão, brócolis e rúcula.

O óleo de peixe ou o óleo de krill são ultra-ricos em gorduras omega-3, mas certifique-se de que seu suplemento é de alta qualidade.

Se você comer alimentos naturais, é provável que você esteja ingerindo muitas gorduras ômega-3.

1. Ômega-3, Cetonas e Endocanabinoides

A dieta cetogênica é um dos mais poderosos tratamentos de enxaqueca de todos os tempos. Escrevi um artigo há alguns anos que resumia a pesquisa por que cetonas matam enxaquecas. Ele foi compartilhado milhares de vezes pela internet e muitas pessoas escreveram para me dizer que a dieta cetogênica funcionou para elas quando todos os medicamentos para enxaqueca falharam. Eu usei a pesquisa por trás da dieta cetogênica para elaborar a dieta de enxaqueca de 3 dias, que resume as melhores maneiras de reduzir ou eliminar a enxaqueca através da dieta.

Você notará que qualquer gatilho ou tratamento de enxaqueca gira em torno do estresse oxidativo. A dieta cetogênica produz cetonas, que alimentam o cérebro e reduzem os níveis de estresse oxidativo. [19] [20] [21]

As gorduras ômega-3 ativam cetonas, que são poderosos combatentes da enxaqueca. [22] Uma das maneiras pelas quais as cetonas reduzem o estresse oxidativo é reduzindo o acúmulo de glutamato, um fator desencadeante da enxaqueca. É aqui que entra o sistema endocanabinoide. Os receptores que possibilitam a redução do glutamato e do estresse oxidativo pelas cetonas são os receptores canabinoides das mitocôndrias (mtCB1). [23]

Você vê, cetonas e canabinoides ajudam a reduzir o estresse oxidativo e glutamato. A dieta cetogênica e o CBD são dois dos tratamentos mais poderosos para a epilepsia. Os medicamentos para epilepsia, que também atuam reduzindo o glutamato e o estresse oxidativo, são medicamentos populares para a enxaqueca. As cetonas e o sistema endocanabinoide trabalham juntos para combater as enxaquecas.

Tudo volta ao estresse oxidativo e as formas mais poderosas de reduzir o estresse oxidativo são também os tratamentos de enxaqueca mais poderosos em pesquisa.

Resumo

As gorduras ômega-3 são os blocos de construção dos endocanabinoides. Não apenas as gorduras ômega-3 formam endocanabinoides, mas também aumentam a absorção dos canabinoides que você obtém de fora do corpo, como de CBD ou THC.

Dietas ricas em gorduras ômega-3, como a dieta cetogênica e carnívora, estão entre os mais poderosos tratamentos de enxaqueca. Essas dietas funcionam com o sistema endocanabinoide para combater as enxaquecas, reduzindo o estresse oxidativo. O estresse oxidativo é um gatilho da enxaqueca e as coisas que reduzem o estresse oxidativo previnem a enxaqueca.

As gorduras ômega-3, juntamente com o CBD, ajudarão a promover o seu sistema endocanabinoide para prevenir o estresse oxidativo e a enxaqueca.

Fonte: http://bit.ly/2Mqst2M

Comentários