A ingestão de proteínas para maximizar o anabolismo de corpo inteiro durante a recuperação pós-exercício é várias vezes maior que a atual dose recomendada


A proteína da dieta apóia o anabolismo induzido pelo exercício resistido, principalmente através da estimulação das taxas de síntese de proteínas. A técnica indicadora de oxidação de aminoácidos (Indicator Amino Acid Oxidation IAAO) fornece uma estimativa não invasiva da ingestão de proteínas que maximiza as taxas de síntese proteica de corpo inteiro e o balanço líquido de proteínas.

Objetivo

Utilizaram o IAAO para determinar a resposta anabólica máxima à ingestão de proteína pós-exercício em homens treinados em resistência.

Conclusões

Uma ingestão proteica de ponto de interrupção de ∼2.0 g·kg−1·d−1, que maximizou o anabolismo de corpo inteiro em homens treinados em resistência após o exercício, é maior do que as estimativas anteriores da IAAO para homens não-exercitados e está na faixa superior das atuais recomendações gerais de proteínas para atletas. A capacidade de melhorar o equilíbrio líquido do corpo inteiro pode ser maior do que o sugerido anteriormente para maximizar a síntese de proteínas musculares em atletas treinados contra a resistência acostumados a uma alta ingestão habitual de proteínas.

Fonte: http://bit.ly/35MElCL

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.